THIS CONTENT IS
CURRENTLY UNAVAILABLE

Sem dinheiro, estudantes vendem bombons em semáforo para casar

Marcos de Souza      sexta-feira, 30 de junho de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos
Sem dinheiro, estudantes vendem bombons em semáforo para casarSem dinheiro, estudantes vendem bombons em semáforo para casar
Todo casamento exige um certo planejamento. Para o casal de estudantes paranaenses Fabiana de Oliveira Dangui, de 20 anos, e Rower Allan Ferreira da Silva, de 25, a ocasião exigiu também um esforço a mais. Os dois decidiram vender bombons em um semáforo do bairro Jardim das Américas, em Curitiba, para poder bancar a cerimônia.
 
A meta é vender pelo menos 160 doces por fim de semana até dezembro deste ano, quando será realizado a casamento. A ideia foi sugerida por um amigo de Rower, conta Fabiana.
 
"Nós recebemos várias sugestões, e fomos juntando as coisas. E como estamos estudando e fazendo estágio, não temos condições. O nosso orçamento do casamento não é tão alto, mas mesmo assim é dinheiro que vai né!", disse.
 
Ela lembrou que no início achava que não ia dar muito certo, mas que os dois se surpreenderam com a recepção dos curitibanos.
 
"Nós tínhamos muito medo. Não sabíamos como que as pessoas iam receber a gente. Estávamos meio tímidos, as pernas tremiam. Mas nós fomos muito bem recebidos. Muitos fazem até piada perguntando se o noivo tem certeza que quer casar e tal. Outros desejam boa sorte. Tem muitos ainda que dão o dinheiro e nem pegam o bombom", explicou Fabiana. Os bombons são vendidos por R$ 2,50 a unidade.
 
O casal se conheceu em Pinhão, na região central do Paraná, quando Fabiana tinha 14 anos e Rower, 18. "Nós tínhamos um romance, mas não era nada sério. E nós não falamos mais depois que ele se mudou para Curitiba para estudar na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Dois anos depois, eu passei no vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e também passei a morar em Curitiba. Foi então que nós nos encontramos e aí, sim, começou um romance mais sério", lembra a estudante. 
 
Foi então que o casal, que estuda Educação Física, decidiu oficializar o casamento. "Decidimos que agora é o momento porque já estamos terminando a faculdade. E eu tenho certeza que vai dar super certo e que era pra ser mesmo", argumenta Fabiana.
 
O semáforo onde Fabiana e Rower vendem os bombons fica entre na rua Frei Rogério, entre a avenida Francisco H. Dos Santos e a rua Rodolpho Senff, no bairro Jardim das Américas.
Fonte: G1

Comentários